Prêmio de Natal do Nota Paraná será de R$ 1 milhão

23/08/2017

O governador Beto Richa entregou nesta quarta-feira (23) os três principais prêmios de agosto do Nota Paraná e anunciou premiação especial de R$ 1 milhão em dezembro, no sorteio de Natal. Em agosto, por ser mês dos Pais, os valores foram multiplicados por quatro e os sortudos receberam R$ 80 mil, R$ 120 mil e R$ 200 mil. A premiação e o anúncio do valor recorde para dezembro foram feitos durante encontro com empresários na Associação Comercial do Paraná (ACP), em Curitiba.

Até agora, o programa de cidadania fiscal já ultrapassou a marca de R$ 600 milhões em prêmios e créditos disponibilizados aos contribuintes que pedem CPF na nota ou a instituições sociais que recebem doações de documentos fiscais. “O Nota Paraná é um dos itens do nosso ajuste fiscal e um programa de sucesso absoluto. Sugiro a todos que peçam o CPF na Nota porque vale a pena. O primeiro prêmio do Natal será de R$ 1 milhão”, afirmou Richa.

O programa foi lançado em agosto de 2015 e fez a primeira liberação de créditos em novembro daquele ano. O primeiro sorteio ocorreu em dezembro de 2015. A adesão ao programa cresce mês a mês – já são 1,7 milhão de pessoas cadastradas. Até agora foram realizados 21 sorteios, cada um deles com 250 mil prêmios.

“É um programa em que todos ganham: o contribuinte, que tem a diminuição de sua carga tributária individual; o empresário, porque acaba com a concorrência desleal, e o governo que amplia a arrecadação, o que pode ser convertido em mais investimentos em saúde, educação e segurança”, destacou o governador.

O secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, disse que “com a implantação do Nota Paraná, houve um crescimento significativo no número de notas fiscais emitidas, o que significa a diminuição da omissão de receita”. 

GANHADORES – Toda primeira compra do mês gera um bilhete ao participante do programa, independentemente do valor. Depois, cada R$ 50 em notas fiscais dá direito a um novo bilhete, com validade apenas para o sorteio do seu respectivo período. O mesmo CPF pode receber mais de um prêmio e os sorteios ocorrem quatro meses após as compras.

Os ganhadores de agosto nem precisaram gastar muito para ter os bilhetes sorteados. “Quando me ligaram achei que era um golpe. É inacreditável, só agora caiu minha ficha”, disse a correspondente bancária Angela Maria Ferreira da Silva, de 47 anos, moradora de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Ela ganhou R$ 200 mil. “Não sou de gastar, quase nem saio de casa”, contou Angela, que tinha duas notas fiscais, somando R$ 380 e foi para o sorteio com oito bilhetes.

A costureira Neusa Teresa de Marchi, 57 anos, moradora de Cianorte (Noroeste), colocou CPF em duas notas, num total de R$ 218, e recebeu cinco bilhetes. Foi sorteada com R$ 120 mil. “Nunca pensei que ia ganhar. Mas veio na hora certa e vou usar o dinheiro para pagar uma cirurgia para o meu marido, quitar o meu carro e ajudar minha filha, que me incentivou a entrar no programa”, explicou.

O terceiro premiado foi o relojoeiro Jorge Picoli, de Maringá (Noroeste), que gastou R$ 276, ganhou seis bilhetes e levou para casa um prêmio de R$ 80 mil. “Fiquei com um pé atrás e fui até grosso quando me ligaram, mas vi que é um programa muito bom. Foi o primeiro prêmio que ganhei na vida”, comentou.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.