Ganhadores de Maringá, Ponta Grossa e Curitiba recebem principais prêmios de janeiro

17/01/2018

Um engenheiro de Maringá, uma professora de Ponta Grossa e uma instituição sem fins lucrativos de Curitiba levaram os três principais prêmios do primeiro sorteio do ano do programa Nota Paraná. Os prêmios de R$ 50 mil, R$ 30 mil e R$ 20 mil foram entregues pelo governador Beto Richa nesta quarta-feira (17), em evento no Palácio Iguaçu, em Curitiba.

Richa ressaltou a importância do programa de cidadania fiscal para a população. “O Nota Paraná combate a sonegação fiscal, devolve parte do valor de ICMS para o contribuinte e aumenta a arrecadação estadual, o que propicia mais investimentos nas cidades para beneficiar a população, como obras, duplicação de estradas, saúde e educação”, disse.

No mês de janeiro, o Nota Paraná atingiu a marca de 1,986 milhão de pessoas cadastradas e está prestes a bater a marca de 2 milhões de participantes. Desde o lançamento, em agosto de 2015, o programa já disponibilizou R$ 783,6 milhões entre créditos e prêmios, sendo que desse total cerca de R$ 55,7 milhões beneficiaram entidades nas áreas de saúde, assistência social, cultura, esporte e proteção animal.

“Nossa expectativa é que neste ano possamos avançar cada vez mais na adesão das pessoas ao programa”, disse o secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa.

Para a Associação Metodista de Ação Social - AMAS, que trabalha na área de assistência social de Curitiba e RMC desde 1966, o prêmio de R$ 20 mil vai ajudar na conclusão de projetos antigos que estavam parados pela falta de recursos. Com os recursos do Nota Paraná serão revitalizadas a biblioteca infantil e a brinquedoteca e será concluída mais uma etapa do projeto da sala contêiner, que está na fase inicial.

“Entramos no Nota Paraná em maio de 2016. Desde então, temos sido abençoados com recursos”, disse Luciana Medeiros, coordenadora da AMAS. Até agora a instituição já foi beneficiada com R$ 58 mil entre prêmios e créditos do programa.

A AMAS é a oitava instituição a ganhar um dos grandes prêmios do programa. Ela está à frente do Centro Educacional Infantil Tia Bety - CEI Tia Bety, que atende pais e mães que precisam deixar seus filhos, na faixa etária de zero a cinco anos de idade, para trabalhar. Atualmente são atendidas 150 crianças.

AJUDAR FAMÍLIA - A professora de biologia Lisiane Pieckhardt, de 41 anos, vai usar o prêmio de R$ 30 mil do Nota Paraná para ajudar a família a ter um começo de ano sem dívidas. “Com o dinheiro vou quitar meu carro, pagar minhas contas e começar o ano bem tranquila”, disse ela. O valor também vai auxiliar na compra de material de estudos da filha mais velha, que cursa Odontologia. “Desde o começo do programa eu peço o CPF na Nota e agora vou pedir ainda mais”, afirmou Lisiane.

A compra de um automóvel novo garantiu o prêmio principal de R$ 50 mil ao engenheiro mecânico Weiller Rafael Galli Silva, de 24 anos, morador de Maringá. Cadastrado há pouco mais de um ano no programa, o jovem recebeu a ligação com surpresa e, no começo, achou que o telefonema seria para alertá-lo sobre algum erro no preenchimento dos dados.

“A gente nunca espera uma ligação tão boa assim. No começo fiquei meio desconfiado. Aí fui ver na internet outras premiações e comecei a acreditar”, contou. Ele pretende fazer uma viagem e guardar o resto na poupança. “Vou continuar pedindo o CPF na Nota e espero ganhar outras vezes”, diz.

O Nota Paraná conta com sorteios mensais de 250 mil prêmios em dinheiro, que somam R$ 2,8 milhões. Os três maiores são de R$ 50 mil, R$ 30 mil e R$ 20 mil e, em datas especiais, como o Natal, mês das mães, dos namorados, dos pais e das crianças, eles são quadruplicados para R$ 80 mil, R$ 120 mil e R$ 200 mil – em dezembro, pela primeira vez, o prêmio principal foi de R$ 1 milhão. Os outros prêmios têm valores menores, de R$ 10, R$ 20, R$ 50, R$ 250 e R$ 1 mil. 

Toda primeira compra do mês no varejo gera um bilhete ao participante do programa, independentemente do valor. Depois, cada R$ 50 em notas fiscais dá direito a um novo bilhete, com validade apenas para o sorteio do seu respectivo período. O mesmo CPF pode receber mais de um prêmio e os sorteios ocorrem quatro meses após as compras.

DOAÇÃO - Há duas formas de fazer as doações para as instituições cadastradas no programa. O contribuinte pode solicitar a nota fiscal, sem informar o CPF, e digitar no sistema do Nota Paraná os dados do cupom, encaminhando os créditos para a entidade beneficiária. Outra possibilidade é, sem informar CPF, depositar a nota fiscal em urnas instaladas pelas entidades, que irão recolher os documentos e digitá-los no sistema.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.