SmartFAQ is developed by The SmartFactory (http://www.smartfactory.ca), a division of InBox Solutions (http://www.inboxsolutions.net)

Perguntas Frequentes > Utilização do Crédito - IPVA do exercício seguinte

< voltar | Utilização do Crédito - IPVA do exercício seguinte

+Como faço para transferir meu crédito para pagamento do IPVA do exercício seguinte?
A opção de transferir o crédito para pagamento do IPVA do exercício seguinte estará disponível no período de 01 a 30 de novembro do ano anterior. Faça o login com CPF e senha, clique na aba MINHA CONTA CORRENTE, selecione TRANSFERIR CRÉDITO PARA PAGAMENTO DE IPVA."
+Como faço para conferir a transferência de crédito para o IPVA?
Consulte o EXTRATO CONSOLIDADO DO IPVA disponível em SERVIÇOS RÁPIDOS no endereço www.fazenda.pr.gov.br.

Após abrir a Consulta ao IPVA do Veículo, clique em VERIFIQUE AQUI O EXTRATO CONSOLIDADO DO IPVA DE SEU VEÍCULO.
+Quando fiz o cadastro informei um RENAVAM. Posso alterar o RENAVAM informado?
O RENAVAM informado para fazer o cadastro serviu para aumentar o nível de confiabilidade. Quando a opção para pagamento do IPVA for aberta, você poderá selecionar outro RENAVAM.
+Quem pode utilizar o crédito para pagamento do IPVA?
Somente o proprietário, arrendatário ou comprador  de veículo automotor podem utilizar o crédito da Nota Paraná para abatimento do IPVA 2018.
 
Considera-se também contribuinte do imposto o comprador identificado no comunicado de venda de veículo registrado no DETRAN/PR, em relação ao fato gerador ocorrido após a data da compra. E neste caso, o proprietário que vendeu o veículo não pode utilizar seu crédito para abatimento do IPVA deste veículo.
+Posso usar meu crédito para pagar o IPVA de veículo de outra pessoa?
Não, o crédito somente pode ser utilizado nos veículos automotores de sua propriedade, arrendatário ou comprador.
+Posso usar meu crédito para pagar o IPVA de mais de um veículo de minha propriedade?
Sim, o crédito pode ser distribuído nos veículos listados pelo programa Nota Paraná.
+Usei meu crédito para pagar o IPVA e meu veículo foi roubado ou vendido até 30/12?. O que acontece com meu crédito?
O crédito não expirado será devolvido na sua conta da Nota Paraná em janeiro do ano seguinte, desde de que o cadastro do veículo no DETRAN tenha sido atualizado até 30/12 do ano anterior.
+Usei meu crédito para pagar o IPVA e meu veículo foi roubado ou vendido após 01/01. O que acontece com meu crédito?
No caso de furto ou roubo, com boletim de ocorrência, o valor será restituído mediante requerimento, nos termos do item 17 da Instrução SEFA nº 26/2008. No caso de venda, o valor do crédito permanece no IPVA e não retorna para a Nota Paraná.
+Utilizei R$ 500,00 do meu crédito para pagar o IPVA, mas o imposto foi somente de R$ 450,00. O que acontece?
O valor excedente de R$ 50,00 será devolvido na sua conta da Nota Paraná em janeiro, se o crédito não tiver expirado.
+Utilizei apenas R$ 100,00 do meu crédito, mas gostaria de utilizar um valor maior para pagar o IPVA. É possível?
Sim, durante o mês de novembro podem ser transferidos créditos adicionais no mesmo ou em outros veículos de sua propriedade. Entretanto, uma vez confirmada a utilização do crédito, a operação não poderá ser cancelada. O valor descontado da sua conta da Nota Paraná será a somatória dos valores atribuídos aos veículos.
+O valor do IPVA do meu veículo é R$ 600,00 e eu quero pagar em 3 parcelas de R$ 200,00. Se eu utilizar R$ 500,00 do meu crédito, como serão quitadas as parcelas?
As parcelas serão quitadas da seguinte maneira:
1ª parcela: quitada
2ª parcela: quitada
3ª parcela: R$ 100,00 devedor
+Se o valor do IPVA do meu veículo é R$ 600,00 e eu quero pagar em apenas uma parcela (pagamento à vista) e transfiro R$ 600,00. Como fica o desconto para pagamento a vista?
O desconto para pagamento a vista é de 3% e o valor do IPVA a ser pago será de R$ 582,00. Você receberá a diferença de R$ 18,00 na sua conta da Nota Paraná em janeiro, caso o crédito não tenha expirado.
+Consultei o valor do IPVA dos meus veículos listados pelo Programa Nota Paraná no início de novembro desde ano e o IPVA estimado era de R$ 200,00, mas quando o IPVA foi lançado em janeiro do ano seguinte, o valor do IPVA foi R$230,00. Por quê?
O valor do IPVA é lançado com base na tabela FIPE, que pode sofrer alteração até a data do lançamento, que ocorre em 1º de janeiro.